Rua dos Andradas 1560 sl 2324/2325 - Porto Alegre/RS

ATENÇÃO

Atenção máxima ao cliente na tentativa de resolver as questões.

SOLUÇÕES

Priorização das soluções de forma extrajudicial porque tem resultado mais rápido.

PONTUALIDADE

Pontualidade das consultas agendadas.

AÇÕES JUDICIAIS

Ingresso das ações judiciais de forma imediata.

EQUIPE

Nossa proposta é de atender e satisfazer as necessidades jurídicas de todos os clientes. Privilegiamos o compromisso e a prestação de serviços qualificados e especializados com valores éticos. Utilizamos a tecnologia como nossa aliada. Sempre buscamos a valorização do cliente, com um sistema administrativo de controle de atividades altamente eficiente. Investimos, constantemente, em qualificação profissional e tecnologia para melhor atender as pessoas e as empresas.

Nossos Vídeos

FALE CONOSCO

!
!
!

Nossos Números

+3000

consultas prestadas, tanto para clientes pessoa física quanto jurídica

+1200

ações judiciais ajuizadas

+800

casos de confliros entre pessoas e empresas resolvidos de forma extrajudicial, sem necessidade de ajuizamento de ações judiciais

+15

anos de experiência na advocacia judicial e extrajudicial

DEPOIMENTOS

Veja o que nosso cliente falam sobre nós.

Estou muito satisfeita com o atendimento recebido até então. Ótimo retorno, soluções rápidas, atenção e educação.
Leni Padilha
Sou cliente a tempos sempre fui muito bem atendida, com proficionais capacitados e de extremo interece sobre os casos. Super indico.
Vera Lúcia

ULTIMAS NOTICIAS

01/05/2020
28/04/2020

O teletrabalho nada mais é do que o retorno do trabalho para dentro das residênci...

02/04/2020

O PAGAMENTO DAS VERBAS RESCISÓRIAS DOS EMPREGADOS DESPEDIDOS EM FUNÇÃO DA...

25/03/2020

A OPÇÃO DE CONCEDER FÉRIAS INDIVIDUAIS E COLETIVAS AOS TRABALHADORES POR ...

24/03/2020

MEDIDAS DO TRATANTE A AMEAÇA DO CORONAVÍRUS

O Tribunal Regional d...

ÁREAS DE ATUAÇÃO

APOSENTADORIA

 

Por Idade:

Esse benefício é uma das primeiras garantias das quais o trabalhador teve direito.Nela, basta completar a idade e ter contribuído para a Previdência Social por 180 meses, ou seja, 15 anos, para receber o benefício. Com a concessão da aposentadoria, o trabalhador passa a receber uma remuneração fixa.

 

Quem tem direito:

A idade para se aposentar varia de acordo com o sexo. Enquanto o homem pode entrar com pedido aos 65 anos, a mulher deve contar 60 anos para conseguir ter direito ao benefício. Os trabalhadores rurais podem pedir aposentadoria por idade com cinco anos a menos: a partir dos 60 anos, homens, e a partir dos 55 anos, mulheres. Nesse caso, têm de provar, com documentos, 180 meses (15 anos) de atividade rural.

 

Por tempo de contribuição:

Esse benefício dá o direito à aposentadoria para as pessoas que contribuíram para a Previdência Social por um tempo mínimo necessário para sua concessão, conforme prevê a legislação previdenciária.

 

Quem tem direito:

Mulheres que contribuíram durante 30 anos e homens que têm 35 anos de contribuição, independentemente da idade.

 

Por Invalidez:

Esse é o benefício que assegura o trabalhador que, por doença ou acidente, não tiver a capacidade de exercer atividades ou serviços que garantam o seu sustento. Mas atenção: a incapacidade precisa ser confirmada pela perícia médica do INSS.

 

Quem tem direito:

Para ter direito ao benefício, o trabalhador tem que contribuir para a Previdência Social por mínimo um ano, no caso de doença. Se for acidente, esse prazo de carência não é exigido, mas é preciso estar inscrito na Previdência Social.

 

AUXÍLIO ACIDENTE

 

Esse benefício é uma espécie de indenização concedida ao contribuinte da Previdência Social que sofreu acidente de trabalho ou desenvolveu alguma doença causada pela profissão e, por isso, perdeu a capacidade de exercer o trabalho que fazia habitualmente.

Se você se encaixa em algumas dessas características e contribuiu para a Previdência Social, tem direito a uma renda mensal no valor da metade do salário.

 

Quem tem direito:

Pessoas que tenham recebido auxílio-doença e que, embora tenham recuperado a capacidade de trabalho, permanecem com sequela do acidente que afetem o desempenho de suas atividade.

 

AUXÍLIO DOENÇA

 

O auxílio-doença é o benefício que todo segurado da Previdência Social recebe, mensalmente, ao ficar temporariamente incapacitado para o trabalho, por motivo de doença ou acidente de qualquer natureza, inclusive de trabalho.

Dessa forma, o trabalhador segurado continua recebendo uma renda que pode ajudá-lo até seu retorno à sua função no trabalho. O valor do benefício equivale a 91% da remuneração do trabalhador, limitado ao teto da Previdência.

 

Quem tem direito:

Tem direito ao auxílio o empregado segurado que necessitar se afastar do trabalho por mais de 15 dias por causa de uma doença ou acidente de qualquer natureza, desde que o acidente ou doença ocorra após a filiação à Previdência.

 

AUXÍLIO RECLUSÃO

 

Com esse benefício, os dependentes do contribuinte que se encontra preso sob os regimes fechado ou semi-aberto recebem uma ajuda financeira, durante o período de detenção. O objetivo é garantir a sobrevivência do núcleo familiar, diante da ausência temporária do provedor.

 

PENSÃO POR MORTE

 

É o benefício pago aos dependentes do segurado após sua morte. O objetivo da pensão é não deixar a família do trabalhador desamparada. Para receber a pensão por morte, não há tempo mínimo de contribuição, mas é necessário que o óbito tenha ocorrido enquanto o trabalhador tinha qualidade de segurado.

 

Quem tem direito:

Os dependentes de todos os segurados. Eles são divididos em grupos.

• Pais

• Cônjuge, companheiro ou companheira, filho de até 21 anos de idade, ou fil...

Revisões de contratos bancários, tanto de bens móveis quanto imóveis, com emissão de laudo pericial contábil de cada contrato bancário a ser revisto e também o ingresso de ações judiciais por práticas abusivas na relação das empresas e bancos com os consumidores. 

PARA EMPRESAS
Atendimento preventivo e consultivo de toda a legislação trabalhista;
Revisão de todos os documentos dos empregados, desde a admissão, passando pelas rotinas de trabalho até a rescisão contratual, com apontamentos e soluções que evitam o ajuizamento de reclamatórias trabalhistas;
Representação das empresas em órgãos federais como Delegaciais Regionais do Trabalho, Agências do INSS e Receita Federal;
Atuação contenciosa em processos individuais e coletivos;
Análise do passivo trabalhista, com indicação de soluções viáveis, objetivando a solução financeira destas dívidas.

PARA EMPREGADOS
Na hipótese de não ser resolivido o conflito da relação de emprego na via extrajudicial,  pleiteamos, através do ingresso de ações trabalhistas, o pagamento de horas extras, as diferenças de FGTS, descanso semanal remunerado, adicional noturno, adicional de insalubridade, adicional de periculosidade, décimo terceiro, férias, equiparação salarial, reconhecimento de vinculo de emprego, indenizações por acidente de trabalho, dentre outros.Orientamos os empregados e ex-empregados  da melhor forma possível, pois o atendimento é de excelência, com informações claras e precisas.

Na via administrativa, análises tributárias, com emissão de relatórios, visando à restituição de impostos junto a Receita Federal e na via judicial o ingresso de ações judiciais que diminuam a incidência tributária e aumentem a lucratividade das empresas.

 

  • Atuação consultiva e contenciosa, administrativa e judicial para tributos federais, estaduais e municipais.
  • Consultoria e assessoria aos clientes em procedimentos administrativos e de cunho preventivo.
  • Elaboração de pareceres, estudos e respostas a consultas, objetivando a redução de impostos pelas empresas;
  • Propositura, acompanhamento e atuação em autos de infração/consultas/pedidos de restituição/compensação, mandado de segurança, ação anulatória, ação declaratória, medida cautelar, execução fiscal, embargos, realização de sustentação oral perante os Conselhos de Contribuintes e Recursos Fiscais – CARF em Brasília, Conselhos de Contribuintes Estaduais, Municipais e Órgãos Judiciais.
  • Orientação de procedimentos tributários.
  • Acompanhamento da legislação específica.
  • Relacionamento com a fiscalização tributária.

FAQ

O tempo médio é de 30(trinta) dias, mas vai depender da vara em que for distribuído o processo.

 

A rescisão indireta do contrato de trabalho do trabalhador pode ocorrer se ficar evidenciado alguma hipótese do art. 483 da CLT, quais sejam:

a) forem exigidos serviços superiores às suas forças, defesos por lei, contrários aos bons costumes, ou alheios ao contrato;

b) for tratado pelo empregador ou por seus superiores hierárquicos com rigor excessivo;

c) correr perigo manifesto de mal considerável;

d) não cumprir o empregador as obrigações do contrato;

e) praticar o empregador ou seus prepostos, contra ele ou pessoas de sua família, ato lesivo da honra e boa fama;

f) o empregador ou seus prepostos ofenderem-no fisicamente, salvo em caso de legítima defesa, própria ou de outrem;

g) o empregador reduzir o seu trabalho, sendo este por peça ou tarefa, de forma a afetar sensivelmente a importância dos salários.

Quando a empresa não tem bens, solicitamos diversas providências como a desconsideração da personalidade jurídica para buscar bens dos patrimônios dos sócios, sempre com o objetivo de conseguir êxito no crédito do nosso cliente.

Não há como estimar o tempo médio de um processo, pois depende de muitos fatores como tipo de matéria a ser discutida, administração da vara, das partes e da instrução dos processos.

O escritório trabalha com causas trabalhistas para empresas e empregados, cíveis, previdenciárias, assim como na parte tributária, auxiliando as empresas a reduzir os seus impostos na via administrativa.

Não causamos falsas expectativas aos clientes. Eles são esclarecidos quanto às chances de ganhar o processo.